sexta-feira, 27 de maio de 2016

Mistic Seas: Especialistas reunidos para definir metodologias

Nos dias 18 a 20 de Maio estiveram reunidos em Ponta Delgada, especialistas em aves marinhas, mamíferos marinhos e tartarugas marinhas na Macaronésia, no âmbito do projecto  Mistic Seas (Indicadores e critérios standard para as ilhas da Macaronésia através de metodologias e medidas comuns de monitorização da biodiversidade marinha na macaronésia). O projecto é coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, pela Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, e pelo Governo Regional dos Açores, em parceria com a Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, Governo Regional da Madeira (Direcção Regional do Ordenamento do Território e Ambiente/Serviço do Parque Natural da Madeira), Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, Fundação Biodiversidade do Ministério da Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente, Instituto de Oceanografia Espanhol e Direcção Geral da Sustentabilidade da Costa e do Mar, e com a colaboração de diversas entidades, nomeadamente a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, IMAR- Universidade de Coimbra, Fundação Gaspar Frutuoso-Universidade dos Açores, Grupo de Investigação e Conservação das ilhas Canárias, ADS Biodiversidad, Universidade da Madeira, ALNILAM e SECAC. 

Especialistas reunidos
Foto: DRAM

O workshop deu início à segunda fase do projecto, nomeadamente a definição de metodologias e programas de monitorização comuns entre os arquipélagos dos Açores, Madeira e Canárias no que respeito aos 3 grupos funcionais anteriormente referidos de modo, do descriptor um (Biodiversidade) da Directiva Quadro Estratégia Marinha (DQEM), para avaliar o Bom Estado Ambiental das águas macaronésicas com o intuito de adoptar e promover estratégias para o uso sustentável dos recursos marinhos. Estas metodologias serão posteriormente testadas na Madeira.


Especialistas do Grupo de aves marinhas
Foto: DRAM

Houve ainda tempo para celebrar o Dia Europeu da Rede Natura 2000 com a habitual fotografia a formar as borboletas, o símbolo desta importante rede de áreas designadas para proteger habitats e espécies selvagens, raras, ameaçadas ou vulneráveis na União Europeia e que se celebra no dia 21 de Maio.

Especialistas a celebrar o dia Europeu da Rede Natura 2000

Sem comentários:

Publicar um comentário