quinta-feira, 30 de julho de 2020

Priolos visitam o Centro Ambiental do Priolo

Na semana passada o Centro Ambiental do Priolo (CAP) recebeu uma visita muito especial: um casal de Priolos no espaço exterior do CAP.

Foto: Ana Mendonça

Nesta época do ano, que corresponde à época de reprodução desta ave endémica, é muito mais fácil observa-los nas imediações do Centro e em outros pontos dentro da Serra da Tronqueira.


Aproveite e visite o Centro Ambiental do Priolo, conheça a Floresta Laurissilva e descubra os melhores spots para observar esta ave, única no mundo. Se calhar não é preciso ir para muito longe do Centro! 

O Centro Ambiental do Priolo recebe Selo Clean and Safe

Já somos um centro de interpretação Clean and Safe! Com esta atribuição do Selo, o Turismo de Portugal reconhece as empresas do setor turismo que cumprem as recomendações da Direção Geral da Saúde no que diz respeito a evitar a contaminação dos espaços com SARS-CoV-2019.



Para receber os nossos visitantes no Centro Ambiental, seguimos todas as recomendações da Direção Nacional de Saúde e da Direção Regional de Saúde dos Açores. Os nossos colaboradores receberam formação adequada do Turismo de Portugal e foram implementadas certas medidas e adaptações nas instalações do CAP para receber em segurança todos os que queiram conhecer o Priolo e o seu habitat.



Temos também uma novidade para os nossos residentes, foram implementados preços especiais para o Tour Priolo e o Tour Laurissilva. Aproveite esta oportunidade e descubra este tesouro dos Açores!



Não hesite em contactar-nos para saber mais detalhes sobre as nossas atividades. Aguardamos por si! 

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Passatempo | Quantos priolos há no mundo?

Todos os anos, a SPEA coordena o Censo do Priolo, uma ave endémica da ilha de São Miguel. O censo, que começou em junho, ficou concluído na semana passada e foram monitorizados 158 pontos de contagem na ZPE Pico da Vara / Ribeira do Guilherme, área de distribuição desta ave.

Priolos
Foto: Ana Mendonça

Agora é tempo de começar a analisar o estado atual da espécie, a sua distribuição e estimativa populacional.

Assim, a SPEA lança o desafio para que tente adivinhar o resultado do censo de priolos deste ano. Tem até dia 4 de setembro para fazer a sua aposta. Participe e ganhe prémios!

Consulte o regulamento do passatempo.


quinta-feira, 2 de julho de 2020

Equipa da SPEA Açores recebe formação sobre a COVID 19

No passado dia 26 de junho a equipa técnica e a equipa de operacionais da SPEA Açores recebeu, na sua sede no Nordeste, formação sobre a COVID 19 e as medidas de prevenção para evitar contaminação e contágio.

Muitas das medidas faladas no âmbito da formação já estavam em vigor, mas os coordenadores da SPEA Açores acharam necessário reforçar os cuidados e boas práticas a tomar, para assegurar a segurança de todos os trabalhadores.


Para além da formação, os formadores fizeram ainda uma visita guiada à sede para perceber que alterações seriam necessárias, assim como uma visita guiada ao Centro Ambiental do Priolo, na Cancela do Cinzeiro, para garantir a recepção de visitantes naquele espaço durante os próximos meses.

Está a decorrer o Censo Anual do Priolo

Apesar de tudo o que tem acontecido no mundo nos últimos meses, estamos claro a falar da COVID 19, o nosso amigo Priolo continua a necessitar de atenção. Neste sentido, a SPEA coordena anualmente o Censo do Priolo, uma ave endémica da ilha de São Miguel, que só pode ser encontrada na ZPE Pico da Vara / Ribeira do Guilherme.


O censo começou em junho e é organizado em 158 pontos de contagem que estão localizados na área de distribuição desta ave. Uma vez visitados todos os pontos, a equipa de SPEA Açores realizará uma análise sobre o estado atual da espécie, a sua distribuição e estimativa populacional. Estes trabalhos estão a decorrer no âmbito do projeto LIFE IP Azores Natura do qual a SPEA é parceira.




Fique atento às novidades e à possibilidade de participar no concurso “Quantos priolos há no mundo?”.

CENTRO AMBIENTAL DO PRIOLO VOLTA A RECEBER VISITANTES

A partir do dia 1 julho o Centro Ambiental do Priolo (CAP) na Cancela do Cinzeiro, Pedreira-Nordeste volta a receber visitantes. As visitas estão disponíveis apenas por marcação, de terça a sábado das 10h-18h, através do e-mail centropriolo@spea.pt ou por telefone (+351) 918 536 123.


O CAP volta a disponibilizar a todos os interessados visitas guiadas, nomeadamente a “Laurissilva Tour” e o “Priolo Tour”, ambas as atividades disponíveis por marcação no nosso site www.centropriolo.com.


Para garantir um ambiente de segurança frente ao Covid-19, o Centro Ambiental do Priolo implementou um protocolo com rotinas de higienização, limpeza de espaços e limite de pessoas dentro do Centro. Seguimos todas as medidas preventivas estabelecidas internacionalmente para que volte a desfrutar do nosso espaço.


Venha visitar-nos e descubra o Priolo e a biodiversidade de Açores. 

Ficamos à sua espera!

Fotos: SIARAM

quinta-feira, 21 de maio de 2020

SPEA Açores regressa aos trabalhos de campo

No âmbito do projeto LIFE IP Azores Natura, a SPEA desenvolve trabalhos de conservação de espécies e restauro de habitats naturais no SIC da Tronqueira e Planalto dos Graminhais e ZPE Pico da Vara/ Ribeira do Guilherme e como tantas outras entidades viu o seu trabalho truncado como consequência da pandemia do COVID 19.

Numa primeira fase, os trabalhos de intervenção no terreno estiveram interrompidos devido à imposição de cercas sanitárias em São Miguel. Uma vez ultrapassada esta fase mais critica, foram preparados planos de contingência que têm como objetivo proteger as nossas equipas no retomar das intervenções no campo. Estas ações foram retomadas no dia 5 de maio.

Estes planos incluem, para além das questões de segurança recomendadas (distanciamento, máscaras, limpeza de mãos, etc.), a reestruturação no formato de trabalho destas equipas, criando pequenas equipas autónomas de entre 2 e 5 elementos tanto para o transporte como para o trabalho. Igualmente, foram revistas as características de cada intervenção para identificar potenciais riscos e minimiza-los.



Para além disso, todos os trabalhadores cujas funções o permitem, mantiveram-se em regime de teletrabalho, com deslocações mínimas e estritamente necessárias ao escritório. Para este fim, foi também necessário dotá-los das ferramentas necessárias para tal e permitir um período de adaptação.

A manutenção dos trabalhos de restauro ecológico é para a SPEA uma prioridade, sem descurar a saúde e bem-estar dos nossos colaboradores, das suas famílias e da comunidade, pelo que continuamos a acompanhar o evoluir da situação nos Açores e vamos adaptando-nos às medidas de proteção necessarias.

Porque um ambiente saudável é necessário para todos nós e faz parte da missão da SPEA!