quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Para que nenhuma embalagem de bebida seja abandonada, campanha "Há mar e Mar"

Hoje falamos do Lixo Marinho e do Sistema de Depósito com Retorno. 

O que são sistemas de depósito com retorno (SDR)?

SDR são sistemas onde existe um pagamento de um depósito ou tara aquando da compra de um dado produto. Esse valor é depois devolvido mediante a entrega da embalagem ou recipiente onde o produto estava acondicionado até à sua utilização.

Portugal é o primeiro país sul-europeu a adotar uma legislação (n.º69/2018) que prevê a implementação de um sistema de depósito para as garrafas e embalagens ♻️ , esta lei terá efeito obrigatório a partir de Janeiro de 2022. Mas mesmo com esta legislação Portugal tem recorrentemente sentido dificuldade em cumprir as metas comunitárias de reciclagem, seja nos diferentes fluxos de resíduos (entre eles as embalagens de vidro), seja em relação ao total de resíduos urbanos.

Desde a ONG Sciaena, parceira da SPEA,  lançaram a campanha “Há mar e mar, há usar e recuperar” juntamente com a petição pública “Pela Saúde dos nossos Oceanos, Exija Tara Recuperável!”, com o objetivo de implementar um sistema de depósito e retorno de embalagens o mais rapidamente possível. 

Trata-se de uma campanha colaborativa, envolvendo 40 organizações, com o objetivo de conseguir que os nossos oceanos sejam saudáveis. 


Os oceanos estão a sofrer uma crise sem precedentes devido à mudança climática, sobrepesca, poluição e destruição dos habitats marinhos, assim como das espécies marinhas.  Assine a petição para a implementação de um sistema de tara recuperável para todos os tipos de embalagens e que não acabem no mar.

@Sciaena

Fique a conhecer mais sobre esta campanha no site da Sciaena  e no Facebook da campanha. 

Esteja atento às nossas próximas notícias para conhecer mais informação sobre o lixo marinho e como este afeta as espécies marinhas, nomeadamente as aves marinhas.

Sem comentários:

Publicar um comentário