quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Dissertação de mestrado avalia a presença de Passeriformes em áreas de floresta Laurissilva recuperada

No âmbito de uma dissertação de mestrado da Faculdade de Ciências de Lisboa, a SPEA está a realizar monitorização de Passeriformes em áreas em que foram realizadas intervenções para restauro ecológico e em áreas adjacentes na qual a vegetação é predominantemente exótica. 


O objetivo deste estudo é avaliar o uso das aves comuns nas áreas de floresta Laurissilva recuperada e testar a hipótese de que estas áreas são preferidas em relação às áreas dominadas por espécies exóticas. Os trabalhos de campo, que serão realizados no inverno e na primavera, consistem na contagem de Passeriformes em 20 pontos em áreas de Laurissilva recuperada e em 20 pontos em áreas de vegetação exótica. 


Em cada ponto é realizada a caracterização da vegetação de forma a relacionar a abundância das aves com a vegetação. Para além das contagens de aves e a caracterização da vegetação, o estudo também avalia aspetos comportamentais como a defesa do território pelas aves e a alimentação. 

Os dados obtidos poderão ser utilizados como indicadores para avaliar os resultados das ações dos projetos de conservação terrestre dos Açores.

Sem comentários:

Publicar um comentário